Páginas

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Lendo Guerra e Paz #1 // Apresentação

Olá a todos!
Espero que se encontrem bem!

Um dos meus maiores problemas enquanto leitora é, muitas vezes, não me conseguir lembrar do conteúdo dos livros que li. Tenho uma péssima memória (fraquinha, fraquinha!) e tenho por isso, muitas vezes, dificuldade em lembrar-me do que li em alguns livros: partes da história, personagens, o final da história… Enfim!

Essa é uma das razões que me leva a escrever sobre livros, quer nas resenhas do blog, quer em caderninhos de anotação.

No entanto, existem livros que não se podem resumir a um breve comentário… Quer pela complexidade da história, pontos de vista referidos ou pela multiplicidade de emoções que nos provocam na leitura, existem livros que merecem uma opinião mais bem construída.

É por essa razão que pretendo iniciar, em posts, um diário de leitura de Guerra e Paz.
Iniciei a leitura deste livro no começo do ano, incentivada pelo projecto ‘Lendo Guerra e Paz’ promovido pela Tatiana Feltrin do blog e canal Tiny Little Things.

Devo referir que, em relação à Tatiana a minha leitura está um pouquinho atrasada, uma vez que apenas recebi o livro no início de Janeiro e o projecto começou no dia de Natal.
Além disso, enquanto a Tatiana se comprometeu a fazer vídeos semanais para este projecto, eu apenas me comprometo a fazer os posts… sempre que possível! Isto é, não vou ter um calendário pré-definido.

Breve nota sobre a obra

Escrita entre os anos de 1865 e 1869, a narrativa foi inicialmente publicada no Russkii Vestnik, um periódico da época, com o nome 1805, ano em que começa a história.

Contando com mais de 580 personagens – algumas históricas, outras ficcionadas – esta novela épica conta a história de cinco famílias durante invasão da Rússia pelas tropas Napoleónicas.

O enredo deste romance cobre toda a campanha de Napoleão na Áustria, a invasão da Rússia pelo exército francês, bem como a sua retirada, entre 1805 e 1820.

Além dos elementos das famílias aristocráticas principais, Tolstoi criou um retrato realista e incisivo da sociedade russa de inícios do século XIX, denunciando o preconceito e a hipocrisia da nobreza, ao lado da miséria dos soldados e servos.

Sobre a edição

Apesar de Tolstói ter escrito a maior parte do livro em russo, partes significativas dos diálogos foram escritas em francês, reflectindo bem a realidade russa, uma vez que, na época, toda a aristocracia russa do século XIX falava o francês e empregava a língua entre si em vez do russo.

Estou a ler a obra numa edição da Relógio D'Água, traduzida por António Pescada a partir do original russo sendo que nesta edição, os textos que no original se encontravam em francês (ou, menos comummente, em alemão) se mantêm, nesta tradução, em francês ou alemão, estando a tradução em nota de rodapé.

A obra vem dividida em dois volumes, cada um contendo dois Tomos, e perfazendo um total de 1328 páginas.

Para quem preferir, há também uma edição da Editorial Presença traduzida do russo por Nina Guerra e Filipe Guerra, dividida em 4 volumes, correspondendo cada um a um Tomo. Nesta edição também optaram por manter em francês o que no original se encontra nesse idioma, deixando a tradução em Nota de rodapé.

Por fim, existe ainda a edição da Saída de Emergência, dividida em dois volumes, na qual é feita a tradução total do texto para Português, não se distinguindo o que, no original estaria num idioma diferente. Esta opção foi decidida ‘com a intenção de proporcionar uma leitura mais cómoda’, deixando ‘apenas algumas frases ou palavras’ em francês.

Pessoalmente, e apesar de tornar a leitura mais demorada, prefiro as edições em que o texto em Francês se mantém em Francês, uma vez que demonstra melhor a intenção original do autor.

Sobre o ‘Diário de Leitura’

Como referi anteriormente, estes Diários de Leitura não terão uma periodicidade pré-definida, saindo os posts sempre que for possível.

Como é óbvio, os diários conterão spoilers, pelo que não recomendo a sua leitura a quem não quiser saber detalhes da história. Caso contrário, bem-vindos!

E foi isto!
E vocês? Já leram Guerra e Paz? Quem não leu, acompanha-me nesta aventura?

Não se esqueçam de deixar o vosso comentário!
Um grande Beijinho e até à próxima!


Não se esqueçam de acompanhar o blog nas Redes Sociais

Para ficarem a par das minhas leituras não se esqueçam de me acompanhar também no
Goodreads 

Onde adquirir?
Relógio D’Água: Volume I | Volume II
Editorial Presença: Volume I | Volume II | Volume III | Volume IV
Saída de Emergência: Volume I | Volume II



sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Desafio Livrada 2016

(Actualizado a 22 de Fevereiro de 2016)
Olá a todos!
Espero que se encontrem bem!

Eis que, além dos desafios literários mencionados aqui, resolvi participar também do Desafio Livrada 2016!
 Para quem não conhece, este desafio é promovido pelos Blog/Canal Livrada e consiste em ler livros que se insiram em 14 categorias (nas quais podemos, obviamente escolher o livro) e ainda em ler um livro sugerido pelo Yuri, do Livrada.

Tendo em conta os desafios não-literários que me esperam este ano, e o tempo escasso que me vai sobrar para leituras, alguns dos livros lidos para este desafio, serão os mesmos dos escolhidos para os desafios de que falei aqui… Ou seja, um mesmo livro, servirá para dar resposta a desafios diferentes.


Vamos às categorias?

1 Um prémio Nobel – Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez
2 Um livro Russo – Guerra e Paz, de Lev Tolstoi
3 Um cânone da literatura ocidental – O Engenhoso Fidalgo Dom Quixote de La Mancha, de Miguel de Cervantes
4 Uma novela – A Sonata de Kreutzer, de Lev Tolstoi ü
5 Um livro que não sabes por que tens – A Solidão dos números Primos, de Paolo Giordano
6 Um autor do teu estado – Como em Portugal não temos estados, resolvi ler um autor do meu distrito: o Porto. Assim, escolhi Eça de Queirós com o livro ‘A Cidade e as Serras’ ü
7 Um livro publicado por uma editora independente – Voss de Patrick White, publicado pela E-primatur 
8 Uma ficção histórica – A Vida num Sopro, de José Rodrigues dos Santos
9 Um livro maluco – 1Q84, de Haruki Murakami (o objectivo é tentar ler os 3 volumes mas, para o desafio, vale se ler o 1º apenas!)
10 Um livro que todo mundo já leu menos eu – Orgulho e Preconceito (Jane Austen)
11 Um autor elogiado por um escritor de que gostas – História em Duas Cidades, de Charles Dickens (autor lido e apreciado por Tolstoi)
12 Um livro bobo/tontinho – A Volta ao Mundo em 80 Dias, de Júlio Verne ü
13 Um romance de formação – A Laranja Mecânica, de Anthony Burgess
14 Um livro esgotado – 84, Charing Cross Road, de Helene Hanff ü

E finalmente, 
15 ♥  Livro sugerido pelo Yuri – O Bom Soldado Svejk, de Jaroslav Hašek (a adquirir)

E foi isto!
E vocês? Conheciam este desafio? Vão participar?
Se quiserem podem saber mais sobre ele neste post ou neste vídeo!

Não se esqueçam de deixar o vosso comentário!
Um grande Beijinho e até à próxima!


Não se esqueçam de acompanhar o blog nas Redes Sociais

Para ficarem a par das minhas leituras não se esqueçam de me acompanhar também no
Goodreads 

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Maratona Literária Não-Sei-Quantas Horas

Olá a todos!
Espero que se encontrem bem.

Hoje venho falar-vos um bocadinho da minha Maratona Literária Não-Sei-Quantas Horas que realizei de ontem para hoje.

Provavelmente, já viram algumas destas maratonas em formato de vlog, contudo, como não faço vídeos, resolvi ir registando a maratona sob a forma de post.

Para esta maratona escolhi inicialmente alguns dos meus livros em andamento – Guerra e Paz e a biografia do Edgar Allan Poe – e um livro mais leve, mas que também faz parte dos desafios literários deste ano, para intercalar com as outras leituras – Harry Potter e a Câmara dos Segredos.

Ao início da maratona, estas leituras vão nos seguintes pontos:

♥ Guerra e Paz – 51 páginas lidas
♥ Poe: Uma vida abreviada – 53 páginas lidas
♥ Harry Potter e a Câmara dos Segredos – 0 páginas lidas


Espero que gostem e vamos lá!

11 de janeiro de 2016

20H
Começa a maratona, e vou começar com Guerra e Paz.

22H
Li até á pagina 88 de Guerra e Paz. Apesar de a leitura não ser cansativa, é uma leitura que não flui rapidamente, isto é, lê-se imenso tempo, para dar conta de meia dúzia de páginas… mas ainda assim estou a gostar muito!
Começo a ter a necessidade de apontar os nomes de alguns personagens, bem como as relações entre eles, uma vez que são imensos e de nomes bem difíceis de memorizar.
Além disso, tanto podem ser chamados pelo nome próprio, como pela versão francesa do nome, e ainda pelos títulos (condes, príncipes, coronéis… por aí fora), pelo que não é raro começar a confundir alguns personagens.

Vou agora comer alguma coisa e, depois, sigo com Guerra e Paz (não me apetece trocar já de livro)


12 de janeiro de 2016

0H30
Li até à página 126 de Guerra e Paz, concluindo assim a Primeira Parte do Primeiro Tomo.
Nesta primeira parte é-nos então feita a apresentação dos principais personagens – quase sempre entre jantares, festas e convívios – e acontecem pelo me nos dois eventos principais: a morte de um personagem e a partida de outro para a Guerra (não quero dar spoilers, obviamente).

1H30
Perdi-me nas redes sociais e não li nada, vou dormir um bocadinho

6H30
Dormi até agora. Não prometi que a maratona seria sem descansos…
Vou preparar um cafezinho e pegar na biografia de Poe.

9H00
Li até à página 96 de ‘Poe’.
Tomei banho e o pequeno-almoço.
Vou continuar com ‘Poe’.


13H00
Terminei a biografia de Poe. Não posso dizer que tenha adorado o livro mas achei o género bastante interessante. Foi a primeira vez que li uma biografia e começar com uma figura tão complexa como Edgar Allan Poe foi estimulante.
Vou almoçar e a seguir devo pegar em Harry Potter e a Câmara dos Segredos.

16H00
Li ‘Harry Potter’ até à página 118 e está a ser muito bom regressar a Hogwarts passados todos estes anos.
Entretanto tratando de algumas coisinhas cá em casa (arrumar a cozinha, por roupa a lavar…) e, os meus afazeres de dona-de-casa estão a chamar por mim pelo que irei dar por encerrada esta Maratona Literária.


Saldos

♥ Guerra e Paz – Li 75 páginas
♥ Poe: Uma vida abreviada – Li 116 páginas
♥ Harry Potter e a Câmara dos Segredos – Li 118 páginas
TOTAL – 309 páginas lidas

Então, achei a experiência da maratona muito interessante e, talvez por não me ter privado de momentos de descanso, não a achei cansativa.
Acho que ter um livro mais leve (no meu caso Harry Potter) ajuda um pouco, principalmente se os outros livros escolhidos forem um pouco mais exigentes.
Optar por uma Graphic Novel também poderá ser uma boa opção.

Vou com certeza querer repetir a experiência principalmente quando precisar de dar um impulso a algumas das minhas leituras.

E vocês? Já fizeram alguma maratona deste género?
O que acham da ideia?

Não se esqueçam de deixar o vosso comentário!
Um grande Beijinho e até à próxima!

 
Não se esqueçam de acompanhar o blog nas Redes Sociais

Para ficarem a par das minhas leituras não se esqueçam de me acompanhar também no
Goodreads 

sábado, 9 de janeiro de 2016

Desafios Literários para 2016

Olá a todos!
Espero que se encontrem bem!

O Ano Novo arrancou e, com ele, começam a surgir as primeiras metas de leitura para 2016.

À semelhança do ano passado, e de forma a criar o incentivo necessário para realizar algumas leituras, resolvi participar em alguns desafios literários.

Sempre achei estes desafios uma excelente forma de nos convencer a pegar em determinados livros e fazer leituras mais diversificadas, fora da nossa zona de conforto.

Por isto, vou partilhar convosco os desafios a que me propus e convido-vos desde já, caso vos interesse, a participarem comigo.

Desafio Literário#1 – Aviando Calhamaços

Como o próprio nome indica, este desafio consiste essencialmente em… aviar calhamaços, tijolos, ou o que lhe queiram chamar!
Aqueles livros com mais de 500 páginas que, por preguiça nossa, ainda não saíram da estante.
Escolhi apenas 6 livros  mas que, no total, perfazem um total de 4438 páginas.
E os livros são:

♥ Guerra e Paz (Lev Tolstoi) – 1328 páginas
♥ O Império dos Pardais (João Paulo Oliveira e Costa) – 520 páginas
♥ A Montanha Mágica (Thomas Mann) – 840 páginas
♥ A Vida num Sopro (José Rodrigues dos Santos) – 616 páginas
♥ O Cemitério de Praga (Umberto Eco) – 572 páginas
♥ Doutor Jivago (Boris Pasternak) – 562 páginas

Desafio Literário#2 – Salta da Estante

Este desafio consiste em ler 6 dos livros que estão encostados na minha estante há bastante tempo (pelo menos mais de 2 anos) … 6 livros que quero muito ler mas que, por alguma razão, ainda não peguei neles.
São eles:

♥ Cem Anos de Solidão (Gabriel García Márquez)
♥ 1984 (George Orwell)
♥ A Laranja Mecânica (Anthony Burgess)
♥ A Volta ao Mundo em 80 Dias (Júlio Verne)
♥ A Solidão dos números Primos (Paolo Giordano)
♥ Madame Bovary (Gustave Flaubert)

Desafio Literário#3 – 36 Livros no Goodreads Reading Challenge

Vejo pessoas com metas de 50… 80… 100 livros para 2016 mas, numa perspectiva bem mais realista (e tendo em conta os calhamaços citados anteriormente), acho que uma média de 3 livros por mês já não está muito mau.
Vamos la ver como corre…

Desafio Literário#4 – Relendo Harry Potter

Mais um desafio com nome auto-explicativo. Sim, 2016 vai ser o ano em que vou reler Harry Potter.
Reli, no finalzinho do ano passado o primeiro volume – Harry Potter e a Pedra Filosofal – e quero, em 2016 concluir a saga.
E, caso não se recordem, a colecção segue assim:

♥ Harry Potter e a Câmara dos Segredos
♥ Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
♥ Harry Potter e o Cálice de Fogo
♥ Harry Potter e a Ordem da Fénix
♥ Harry Potter e o Príncipe Misterioso
♥ Harry Potter e os Talismãs da Morte

E foi isto!
E vocês? Que desafios se propuseram para 2016?

Não se esqueçam de deixar o vosso comentário!
Um grande Beijinho e até à próxima!


Não se esqueçam de acompanhar o blog nas Redes Sociais

Para ficarem a par das minhas leituras não se esqueçam de me acompanhar também no
Goodreads 

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Novos na Estante #2 // Novembro e Dezembro de 2015

Olá a todos!
Espero que se encontrem bem!

Hoje venho mostrar-vos mais uma remessa de livros novos, desta vez adquiridos e recebidos ao longo dos passados meses de Novembro e Dezembro.
Se bem se lembram, em 2015 assumi que compraria apenas 13 livros (um livro por mês + um extra em Abril – mês do meu aniversario) mas… Oops! I did it again! E acabei por, no final do ano, chutar o balde no orçamento de 2015.
Mas, no final de contas, o que importa é que foram boas compras!

Vamos então aos livrinhos?

Livros Comprados
Flores (Afonso Cruz)
Já há muito tempo tinha curiosidade de conhecer a obra de Afonso Cruz. Nunca ouvi uma crítica negativa ao seu trabalho e isso só fez com que a vontade de ler algo do autor aumentasse cada vez mais.
Assim, quando vi o ‘Flores’ numa promoção, não resisti a comprar!
Já o li e adorei!
Podem encontrar este livro aqui.

O Diário Oculto de Nora Rute (Mário Zambujal)
Cruzei-me com este livro numa campanha de 50% nas lojas Continente.
Já tinha ouvido falar diversas vezes do autor e, mais especificamente deste livro, num vídeo da InêsBooks.
Estando à procura de uma leitura mais leve, aproveitei a promoção para conhecer então a escrita de Mário Zambujal.
Já li e cumpriu o seu propósito: é uma leitura leve e que entretém.
Podem encontrar este livro aqui.

Um Cântico de Natal / Um Conto de Natal (Charles Dickens)
Mesmo quem nunca ouviu falar deste livro já conhece, muito provavelmente, esta história. Conheci ‘Um Conto de Natal’ na minha infância, através do desenho animado ‘Mickey's Christmas Carol’ e, desde então, esta história faz parte do meu imaginário Natalício.
Aqui é narrada a história de Ebenezer Scrooge, um avarento e ranzinza homem de negócios, rabugento e solitário, que não gosta de ninguém e que não demonstra um pingo de bons sentimentos e compaixão para com os outros.
Porém, numa noite de Natal, ele recebe a visita do fantasma de Jacob Marley – seu antigo sócio, já falecido – que o prepara para ser visitado por três espíritos: o Espírito do Natal Passado, do Natal Presente e do Natal Futuro e, a partir do que os espíritos mostram, Scrooge é capaz de rever as suas acções e comportamentos.
Este livro faz parte do meu desafio literário d’Os 100 Grandes Clássicos e foi a minha leitura Natalícia deste ano.
Podem encontrar este livro aqui.

Seu Moço (Patrícia Pirota)
Li este livro mal me chegou a casa. E isto não é um livro, é um abraço!
Aquela palavra de conforto que tantas vezes precisamos ouvir, tantas vezes dizemos aos outros, mas de que não nos lembramos quando quem precisa dela somos nós.
Vou certamente reler várias vezes ao longo da vida.
Pode ser adquirido aqui.
 Doutor Jivago (Boris Pasternak)
Mais uma vez, não resisti a uma promoção… 50% na Wook. E está visto que são as promoções que me fazem desviar do orçamento mas… fazer o quê?
Já há algum tempo que eu tinha curiosidade para conhecer este livro e – once again! – os 50% de desconto pareceram-me o pretexto perfeito para o adquirir.
Não li ainda (nem acredito que vá ler de imediato) mas já fica arrumadinho na minha estante, à espera da sua vez!
Podem encontrar este livro aqui.

Solo Virgem (Ivan Turgueniev)
Não sei praticamente nada sobre este livro mas, depois de ter ouvido falar tão bem do autor (e quase me bastando o facto de ser Russo) resolvi arriscar.
O livro fazia parte de uma promoção da Black Friday da Wook em que, na compra de dois livros (este e o próximo) receberíamos um terceiro gratuitamente (que também mostro de seguida) e esse foi o incentivo necessário para me convencer a adquirir este livro.
Espero ler em breve e pode ser adquirido aqui.

História em Duas Cidades (Charles Dickens)
Mais um grande clássico de Charles Dickens que faz parte do meu desafio literário d’Os 100 Grandes Clássicos’.
Comprei juntamente com o anterior na tal promoção da Black Friday e estou muito ansiosa para ler.
Pode ser adquirido aqui.

 Livros Recebidos
Harry Potter e a Pedra Filosofal – Edição Ilustrada (J. K. Rowling)
Desde que comecei a ver, online, as edições estrangeiras de Harry Potter, sempre aguardei que a Portugal chegasse uma edição que fizesse jus ao livro que é!
E chegou!
Harry Potter fez parte da minha história como leitora (querem que fale disso um dia?) e, por isso, tem para mim muito significado ter recebido esta edição como prenda de Natal.
Foi prenda do marido e estou completamente apaixonada pelas ilustrações de Jim Kay.
Pode ser adquirido aqui.


 Orgulho e Preconceito (Jane Austen)
Mais um grande clássico da literatura (e sim, que também faz parte do desafio literário d’Os 100 Grandes Clássicos’) e que, vergonhosamente, ainda não li.
Este foi o livro de oferta da Black Friday e, mais uma vez, estou ansiosa por lê-lo.
Pode ser adquirido aqui.

O Filho de Mil Homens (Valter Hugo Mãe)
Tive contacto com a escrita de Valter Hugo Mãe quando, no ano passado, a minha irmã me emprestou A Desumanização.
Adorei o livro e fiquei com vontade de ler mais do autor.
Por isso, este Natal, junto com o livro do Harry Potter, o marido ofereceu-me este ‘O Filho de Mil Homens’, livro sobre o qual tenho imensa curiosidade e que pretendo ler em breve.
Pode ser adquirido aqui.


Contos Completos (Irmãos Grimm)
Desde o seu lançamento, este livro está na minha wishlist e, neste Natal, recebi-o da minha irmã! Adorei!
Este livro reúne os três volumes dos ‘Contos da Infância e do Lar’ (Kinder- und Hausmärchen) dos irmãos Grimm, e constitui a primeira tradução integral da obra em língua portuguesa, reunindo duzentos contos e respectivas notas, dez lendas religiosas infantis, um apêndice com outros vinte e oito contos não incluídos na última edição em vida dos autores (1856-1857), um conjunto de seis fragmentos de contos, bem como uma reflexão final sobre a relação dos contos populares com a mitologia.
Não o vou ler todo de uma vez, obviamente, intercalando a leitura dos contos, com outras leituras ao longo do ano.
Pode ser adquirido aqui.

Contos (Hans Christian Andersen)
Para completar a colecção, o meu irmão ofereceu-me este livro de contos do mestre dinamarquês Hans Christian Andersen.
Esta edição reúne 156 contos, dos mais populares aos menos conhecidos, dos mais alegres aos mais sombrios…
Estou ansiosa para ler embora, mais uma vez, vá doseando os contos ao longo do ano.
Pode ser adquirido aqui.

E foi isto!
Agora digam-me, qual o livro que mais vos suscita curiosidade?
Gostam deste tipo de post’s?
Que compras realizaram e que livros receberam estes meses?

Não se esqueçam de deixar o vosso comentário!
Um grande Beijinho e até à próxima!

 
Não se esqueçam de acompanhar o blog nas Redes Sociais

Para ficarem a par das minhas leituras não se esqueçam de me acompanhar também no
Goodreads